Typefaces em tipografos.net

Dürers Fraktur

PT - UK - DE

Esta é a fonte digital baseada na Fraktur, desenhada por Albrecht Dürer, impressa no seu famoso tratado Underweysung. publicado em 1525.

pdfApresentação da letra de Durero (670 Kb)

pdfFonte digital: set de glifos + exemplos de aplicação (140 Kb)

Como tipo móvel de chumbo, a Fraktur apareceu pela primeira vez no Livro de Orações (Gebetbuch) composto em 1513 para o imperador Maximiliano I — um dos mais luxuosos e onerosos livros de todos os tempos.

Na elaboração desta versão tipográfica da Fraktur participou toda uma equipa de designers topo de gama da época: o chanceler imperial Vincenz Rockner, o mestre-escritor (Schreibmeister) Johann Neudörffer o Velho, o mestre-calígrafo Leonhard Wagner, o gravador de punções Hyeronimus Andreä, o impressor imperial Hans Schönsperger e o artista Albrecht Dürer.

O interesse que Albrecht Dürer desenvolveu pela Tipografia não foi um capricho pessoal; muitos outros artistas – pintores, gravadores e escultores – ocuparam-se dos belos caractéres do alfabeto romano.

As suas supostas «proporções ideais» foram sujeitas a análises sistemáticas e descritas em relações numéricas. Assim apareceram as grelhas geométricas nas quais Leonardo da Vinci colocou a sua versão da forma ideal da anatomia humana...

Dürer executou semelhantes análises, passando os seus resultados às imagens elucidativas do seu tratado Underweysung der Messung.

Dürer apresentou este livro composto na letra Fraktur, que tinha sido recentemente desenhada – o que parece uma contradição, mas não é; tratava-se de apresentar um assunto «moderno» (italiano, humanista) a um público de cultura alemã, habituado à letra gótica.

Compre a fonte Dürers Fraktur. Preço: 39 Euros

Pode comprar estas fontes via Paypal ou por transferência bancária.
Por favor mande um email a pheitlinger(at)gmail(dot)com indicando modo de pagamento que prefere.

Os nossos clientes no Brasil e na América Latina normalmente preferem pagar por PayPal.

Os nossos clientes em Portugal, na Espanha e nos outros países da Europa, preferem fazer o pagamento por transferência bancária. Mande um email a Paulo Heitlinger para obter mais detalhes: pheitlinger(at)gmail(dot)com.

Duerrers Fraktur

Dürers Fraktur: uma fonte histórica de grande elegância

Retrato de Duerer

U ma preciosidade histórica; a letra que o génio renanscentista Albrecht Dürer incluiu na sua célebre obra Underweysung der Messung mit Zirkel und Richtscheyd (Instrução para medir com régua e compasso), um tratado publicado em 1525.

Entre todas as tentativas de descrever os caractéres com métodos de geometria descritiva, a obra de Dürer é a mais precisa e clara.

Albrecht Dürer devotou a terceira parte da sua Summa geométrica à construção das minúsculas da Gótica Textura, ou, mais precisamente: às minúsculas da Fraktur desenvolvida em 1517.

Como formas de referência geométrica, Dürer utilizou pequenos quadrados e círculos, mas de uma maneira consideravelmente mais tosca do que nas análises que devotou às Versais do alfabeto romano.

Dürer descreveu a forma das letras góticas, e embora o tenha feito de modo muito mais superficial que o fez com as Romanas, as suas considerações chamamaram-me a atenção, já que vem completadas com um magnífico alfabeto decorativo. P.H.

Underweysung

Este alfabeto está na origem da fonte digital apresentada neste estudo.

Curiosamente, até à data, nenhum typeface designer pôs no mercado tipográfico uma digitalização deste estudo de Dürer sobre as formas da Textura/Fraktur.

O problema não pode ser a dificuldade de fazer um scan e proceder à sua digitalização, já que existem vários fac-símiles que reproduzem razoavelmente bem a obra de Dürer.

As dificuldades surgem quando nos apercebemos que as dimensões das minúsculas não estão convenientemente ajustadas às formas das maiúsculas, e as grossuras das hastes divergem.

Os desenhos de Dürer são um estudo de formas de letras, não são uma solução tipográfica. Houve então que fazer um cuidadoso afinamento tipográfico a estas letras, alterando-as com todo o cuidado para obter um set harmonioso de versais e minúsculas, mas sem alterar a estética proposta por Dürer.

Acompanhando a fonte Dürers Fraktur, o autor oferece a Dürer minusculas, uma construção de carácter geométrico feita por Albrecht Dürer para mostrar as formas da Textur, na »Underweysung der messung mit dem zirckel und richtscheyt« (1525).

Temas relacionados

pdfApresentação da fonte de Durero (670 Kb)

Biografia de Durero

Topo páginaTopo página