Typefaces em tipografos.net

Letra Portuguesa

A «Letra Portuguesa», conforme foi escrita no manuscrito Crónica de João II, poder ser qualificada como uma caligrafia híbrida, que, além de estar baseada na Gótica Rotunda manuelina, integra componentes humanistas e chancelerescas.

pdfIntrodução + set de glifos + exemplos

Preço: 59 Euros

Pode comprar estas fontes via Paypal ou por transferência bancária.
Por favor mande um email a pheitlinger(at)gmail(dot)com indicando modo de pagamento que prefere.

Os nossos clientes no Brasil e na América Latina normalmente preferem pagar por PayPal.

Os nossos clientes em Portugal, na Espanha e nos outros países da Europa, preferem fazer o pagamento por transferência bancária. Mande um email a Paulo Heitlinger para obter detalhes sobre a conta: pheitlinger(at)gmail(dot)com.

Em 1590, Manuel Barata publicou um livrinho intitulado Exemplares de diuersas sortes de letras tirados da Polygraphia de Manuel Baratta escriptor portugues acrecentados pello mesmo autor - Impresso em Lisboa por Antonio Aluarez, à custa de Ioão de Ocanha, livreiro, 1590. 26 folhas; in quarto oblongo (14 cm).

No mostruário de Barata, pela primeira vez se escreve e mostra uma «Letra Portuguesa».

Que caligrafia é esta? Barata terá, eventualmente, baseado o seu parco alfabeto numa escrita praticada na Chancelaria Real Portuguesa?

Letra Portuguesa

Para responder adequadamente à complexidade desta caligrafia histórica, a fonte digital OpenType aqui apresentada integra mecanismos de substituição para: – Ligaduras – Ligaduras discrecionais – Formas iniciais – Formas históricas – Variantes Swash – Kerning e Hinting

As belas capitais ornamentais são um desenho desempenhado "à medida" para este livro, que representa uma cópia única.

Topo páginaTopo página