Livro do Sal

Homepage tipografos.net   Search by FreeFind
Livro do Sal

Livro do Sal

Um tema apaixonante: a salinicultura tradicional. As salinas da costa portuguesa. O sal numa visão mundial. Por Paulo Heitlinger, com a colaboração de Birgit Wegemann.

240 páginas. Exclusivamente em formato e-book, PDF em formato DIN A4 ao largo, ideal para leitura on-screen, em PCs e Tablets.

Referência imprescindível para quem se interessa por Natureza, Património, Fotografia, Ecologia, Processos e tecnologias tradicionais.

Interessado? Leia as primeiras 28 páginas, com o Índice de temas (PDF download de 7 MB).

  • 3ª edição: Agosto de 2015.
  • Preço: 20 Euros.
  • Distribuição: www.tipografos.net
Compra por Paypal

 

Mande um email ao autor Paulo Heitlinger, para obter os detalhes sobre os pormenores relativos ao download do seu exemplar pessoal.
Nesse email, indique se fez transferência via Paypal ou se quer pagar por transferência bancária.

Venda do formato e-book: termos e condições

O livro é vendido em forma de exemplar personalizado, que identifica digitalmente o seu proprietário. O livro/PDF pode ser impresso pelo proprietário e poderá ser projectado em aulas, por exemplo. Contudo, o exemplar comprado não poderá ser transferido a outras pessoas.

Vantagens do nosso formato e-book

Sinopse

Portugal foi um país produtor e exportador de sal, a salicultura já foi uma das nossas principais actividades económicas. O nosso sal foi, na Idade Média, produto de troca com todo o Norte da Europa e também com o Norte de África. A salicultura tradicional foi uma actividade estruturante do nosso litoral.

A partir de 1950, o sector salineiro atravessou várias tempestades, motivadas por crises económicas internas e turbulências internacionais que levaram à falência das nossas indústrias conserveiras, e por arrasto, das salinas. O abandono de muitas salinas tradicionais, a sua conversão em aquaculturas industriais ou em explorações mecanizadas desvirtuaram algumas paisagens da nossa costa marítima.

Contudo, resistiu um pequeno núcleo de velhos e novos produtores, movidos pela paixão do sal, por um penoso trabalho feito ao ritmo da Natureza, por uma economia tradicionalmente sustentável. É também das suas iniciativas que fala este livro.

Aos marnotos, que me fornecem o brilhante sal que está sempre à minha mesa, fica dedicado este livro. Eles têm de aguentar o infernal calor seco do Verão, o sal que lhes seca a pele, condições de vida elementares, e muito trabalho duro para rapar e colher o sal e o carregar para o armazém. Muito obrigado! Paulo Heitlinger

Veja o album de fotos "Salinas de Portugal", do autor: flickr.com/photos/heitlinger/albums/


Outros e-books

Alfabetos ¦ Layout ¦ Typeface Design ¦ Revistas para Clientes ¦ Design em Portugal, de 1870 a 1970

Letras dos Romanos ¦ Os Romanos na Península Ibérica

Megalitismo ¦ Cultura Visigótica ¦ Livro do Sal

.

2016 — Copyright by pheitlinger.de