Century
             
T I P O G R A F O S . N E T     by FreeFind

Composição com tipos móveis

«Compor» significava formar o texto desejado com a sequência correcta dos tipos retirados das caixas.

c

O componedor, outra invenção prática de Gutenberg, era segurado na mão esquerda e servia para receber os tipos e formar uma linha de texto.

Já na forma, as linhas eram reunidas para formar as colunas do texto de uma página.

c

Bloco de texto composto

Os elementos gráficos a preencher à mão por artistas – por exemplo, as capitulares decorativas – eram definidos por espaços brancos. Depois de usada na impressão de dado documento, a forma era desmanchada, e os tipos mostravam de novo a sua mobilidade, retornando às caixas, à espera do seguinte trabalho de impressão.

A imposição

linkDistribuição nas páginas nas folhas a imprimir.

Os elementos gráficos a preencher à mão por artistas – por exemplo, as capitulares decorativas – eram definidos por espaços brancos. Depois de usada na impressão de dado documento, a forma era desmanchada, e os tipos mostravam de novo a sua mobilidade, retornando às caixas, à espera do seguinte trabalho de impressão.

imprensa manual

Sala de composição, 1910

O prelo

A impressão ao prelo era um trabalho de precisão e deveras extenuante, que exigia uma cuidada aplicação da tinta de impressão (bem diferente da tinta dos calígrafos), a colocação correcta da folha de papel (ou de pergaminho) e o isolamento da superfície a imprimir, para evitar manchas ou borrões de tinta.

A articulação de todas estas ferramentas e processos resultou numa verdadeira industrialização do modo de fazer livros iguais, em série.

Nos primeiros tempos da tipografia, o equipamento necessário para imprimir (caracteres, componedor, formas) era ainda portátil, o que explica os impressores alemães «nómadas», que difundiram a tecnologia por toda a Europa.

Os prelos, mais pesados, eram tomados de outras utilizações e adaptados à tipografia. Devido a essa portabilidade, a arte negra difundiu-se em poucos anos.

Continuação deste tema

linkA difusão da protipografia pela Europa.

Temas relacionados

linkA fundição de tipos

linkOs conflictos sociais na Tipografia

Bibliografia

Heitlinger, Paulo. Tipografia: origens, formas e uso das letras. Copyright © 2006 Paulo Heitlinger, ISBN 10 972-576-396-3 , ISBN 13 978-972-576-396-4, Depósito legal 248 958/06. Dinalivro. Lisboa, 2006.

Topo páginaTopo página

Quer usar este texto em qualquer trabalho jornalístico, universitário ou científico? Escreva um email a Paulo Heitlinger.
copyright by algarvivo.com