Fotografia: Vanguardistas

 

Aleksandr Rodschenko

Artista plástico, escultor, fotógrafo e designer gráfico russo. Um dos fundadores do Construtivismo russo e Design moderno russo. Rodschenko (1891—1956) é uma figura central no panorama das vanguardas artísticas, um dos máximos expoentes da vanguarda soviética dos anos 20 e 30.

Um dos grandes artistas do século xx, o trabalho de Rodschenko foi inovador nos campos da Pintura, Escultura, Colage, Fotografia e Design (capas de livros e revistas, propagandas e cartazes), entre outros. Rodschenko foi um dos artistas russos progressistas que se identificou com o governo revolucionário após Outubro de 1917.

Centraal Museum in Utrecht
Aleksandr Mikhailovich Rodchenko era casado com a artista Varvara Stepanova.

Aleksandr Mikhailovich Rodchenko (Russo: ????????? ?????????? ????????) foi um dos artistas mais versáteis do Construtivismo, movimento que surgiu após a Revolução Bolchevique.

Um ano depois foi trabalhar no bureau da Secção de Artes Visuais (Izo) de Moscou, no Comissariado de Esclarecimento do Povo (Narkompros). Rodschenko foi eventualmente nomeado chefe do bureau do museu da Izo e da mais importante instituição moscovita, o Museu da Pintura.

O bureau do museu adquiriu aproximadamente 2.000 obras de arte moderna de mais de 400 artistas, e organizou 30 museus de província...

Rodschenko ganhou reputação internacional no começo dos anos 20; pouco mais tarde, o artista entrou em conflito com a burocracia estalinista e viveu os seus últimos vinte anos de vida na obscuridade e no isolamento. Não foi assassinado - «apenas» foi silenciado e excluído.

Biografia

Rodschenko nasceu em São Petersburgo, em 1891. Seu pai, filho de um servo, trabalhava num teatro; a sua mãe era lavadeira. No começo de 1900, a sua família mudou-se para uma cidade de província, Kazán, no Oeste de Rússia, onde Rodchenko logo entrou para uma Escola de Arte.

Em 1914, ele encontrou quem seria sua companheira por toda a vida, Varvara Stepanova (1894-1958), artista. Depois de assistir a uma palestra e a uma performance dos futuristas David Burliuk, Vasilii Kamenskii e Vladimir Maiakovski, em 1914, aderiu ao Movimento Futurista.

Mudou-se para Moscou em 1915 e teve sua obra incluída em uma exposição organizada por Vladimir Tatlin em março de 1916, junto com Kasimir Malevich, Lyubov Popova, Alexandra Exter, Nadezhda Udal’tsova e o próprio Tatlin.

rd
 

Rodschenko tinha 22 anos quando estourou a I Guerra Mundial. Vieram a Revolução de Outubro e a Guerra Civil de 1918-1921. Na época em que pintou obras célebres como “Preto sobre preto”, em 1918, Rodchenko chegou mesmo a passar fome. A Revolução, incluindo sua imensa privação, era sem dúvida inspiradora, mas também gerava severas tensões.

Alexander Rodschenko foi um dos artistas russos mais versáteis dos anos 20 e 30. Como outros muitos artistas dessa época de fervor artístico, experimentou diferentes técnicas de expressão artística, estudando a pintura, a fotomontagem e a fotografia, com o fim de obter imagens sempre inovadoras.

Trabalhou como artista plástico e designer gráfico antes de girar para a Fotografia e a montagem fotográfica.

A sua fotografia era inovadora, oposta ao retrato estético da época. Ciente da necessidade de uma série documental de fotografia analítica, fotografou frequentemente os seus assuntos em ângulos ímpares - geralmente muito de acima ou de ou abaixo - para chocar o visualizador.

Ainda criança, sua família mudou-se para Kazan em 1902 e estudou na Escola de Kazan de Arte sob orientação Nikolai Feshin e Georgii Medvedev, e no Instituto Stroganov em Moscou.

Fez os seus primeiros desenhos abstratos, influenciados pela supremacia de Kazimir Malevich, em 1915. Ano seguinte participou da exibição de “The Store”, organizado por Vladimir Tatlin, que era uma outra formal influência em seu desenvolvimento como artista.

Rodschenko foi indicado Director do Departamento de um Museu pelo Governo do Bolchevique em 1920. Era responsável para a reorganização de escolas de arte e de museus. Ensinou 1920 a 1930 nos estúdios Técnico-Artísticos mais elevados.

rp
Centraal Museum in Utrecht
O artista russo era uma personagem multifacetada que se sentia tão à vontade na pintura como na escultura, no design ou na fotografia, que o notabilizou. Os seus trabalhos publicitários e comerciais são surpreendentes não só pelo insólito de serem feitos por um artista revolucionário, como pela inovação gráfica que trouxeram.

Em 1921 transformou-se um membro do grupo Productivist, que advogou a incorporação da arte na vida diária. Deu acima pintar a fim concentrar sobre livros, filmes e bilhar.

Foi influenciado profundamente pelas idéias e pela prática do cineasta Dziga Vertov, com quem trabalhou intensamente em 1922. Impressionado pela fotomontagem dos dadaístas Alemães, Rodcchenko começou suas próprias experiências no meio, primeiramente empregando imagens encontradas em 1923, e de 1924 fotografar suas próprias fotografias também.

A sua primeira publicação, a fotomontagem ilustrava um poema de Vladimir Mayakovsky, “About this”, em 1923. De 1923 a 1928, Rodchenko colaborou com Mayakovsky de forma bastante próxima (de quem fez diversos retratos) no design e layout de LEF e de Novy LEF, as publicações de artistas do Construtivismo.

m
 
rm
Alexander Rodchenko. Portrait of mother 1924
© Estate of Alexander Rodchenko/VAGA

Muitas das suas fotografias apareceram dentro — ou foram usadas como capas destes jornais. Suas imagens eliminaram o detalhe desnecessário, enfatizaram a composição diagonal dinâmica, e foram concebidas com a posicionamento e o movimento dos objectos no espaço.

Durante os anos de 1920, Rodschenko trabalhou com abstração, frequentemente a ponto de ser não-figurativo. Nos anos de 1930, com as mudanças que o Governo implementou nas regras da prática artística, concentrou se em fotografia de desporto e imagens das paradas e outros movimentos coreografados.

Passos

Rodschenko juntou-se ao Círculo de Outubro de artistas em 1928 mas foi expulso por três anos por ter se transformado em “formalista”...

Voltou a pintar no final dos anos de 1930, parou de fotografar em 1942, e produziu trabalhos expressionistas abstractos na década de 1940.

5

"Os resultados do primeiro Plano Quinquenal" desenhado por Stepanova e/ou Rodchenko, em 1933. Uma foto-montagem do Construtivismo...

Continuou a organizar exposições de Fotografia para o governo durante estes anos.

Faleceu em 1956.

Exposições

Alexander Rodchenko: Modern Photography, Photomontage, and Film shows through October 13, Wed.-Sun., 11am-7pm. University of California, Berkeley Art Museum.

Alexander Rodtschenko ¦ New York City, The Museum of Modern Art, 25. Juni bis 6. Oktober 1998 ¦ Kunsthalle Düsseldorf vom 6. November 1998 bis 24. Januar 1999 ¦ Stockholm, Moderna Museet, 6. März bis 24. Mai 1999

Topo páginaTopo página

Quer usar este texto em qualquer trabalho jornalístico, universitário ou científico? Escreva um email a Paulo Heitlinger.

copyright by algarvivo.com